sábado, 5 de setembro de 2009

A share...

A ideia, e a junção da técnica com o talento de se saber transformar o instrumento básico rotineiro, é Arte!

Espreitem aqui qualquer coisa: O que antes eram garfos...

"(...)Juntaremos os garfos? Diminuiremos o espaço entre as fortalezas de metal? Ou faremos as construções parnasianas? Se colocarmos os garfos à prova do fogo, quem sabe não faremos deles um só garfo ou, ao final do processo de moldar o ferro ou o ouro não tenhamos construído um interessante poema parnasiano?"


Em, Espartilho de Eme

3 comentários:

Gingerbread Girl disse...

LOL

Está giro... =P

É que há certas "coisas" apelidadas de arte que mais parecem um monte de lixo.


*

WillCanora disse...

eheheh
Ser-se inovador e atingir o objectivo é o limiar ao qual nem todos chegam. Daí que a Arte tenha mais valor, pq não é fácil nem banal. É simplesmente comum a todos... :)*

Vagabundo Social disse...

Há pessoal que consegue fazer arte com tudo! É garfos, é areia, é latas... sei lá. Acima de tudo quem fez isso tem uma criatividade brutal!