domingo, 25 de outubro de 2009

Piquenique - Pinipique


Quem ficou com quem?!

Desculpa-me se prefiro ficar aqui a troçar de ti, desculpa-me, vá lá! Afinal, tu sabes que o faço. Tu sabes que centro este jardinzinho tão e tão pouco meu. Anda, vem lanchar comigo! Trouxe compotas de mil sabores silvestres, leite da casa dela, e aquela toalha que fazemos o favor de aconchegar. Ah, e também trouxe as duas colheres de prata já a contar contigo secretamente.
Shiu! Não reclames! Encosta-te a esta árvore aqui comigo. Faz com que ela goste de nós enquanto comemos este pão feito pela madrugada.

Vá lá, troça agora tu de mim!! Relembra-me de que te afasto e que agora, mesmo agora antes de sair de casa, esqueci-me propositadamente de trazer duas chávenas, uma para mim e outra para ti! Oh vá lá, faz da falta de motivo uma festa! Faz deste olhar, e bocas de sorrisos tímidos, sujos de migalhas, o nosso pequeno presente de laço de veludo! Faz sentido não faz?
Pára! Sabes que tenho cócegas nos pés, no pescoço, e em todo o lado! Tu sabes! Na simplicidade deste gesto percebeste que troquei outra vez a cor das meias, que trouxe o lenço de renda para tapar do mundo, a nossa cesta de sabores e temperaturas...
Desculpa, peço por hábito, não sei o que fizemos, se fazemos, o que fazemos. E por não me interessar sequer, peço desculpa.
Vais embora... Vou troçar da maneira como me beijaste desajeitadamente a bochecha acalorada! Vou troçar do teu andar...! Sim, o teu!!
Se estou contigo, é porque não sei falar de amor. É alto demais para nós. E ambos sabemo-lo.
Bebemos do mesmo termo.
Quem ficou com quem?!
Não quero que jantes logo comigo. Fiquemos apenas e infinitamente aqui, encostados a esta árvore que nos ouviu, a olhar para cima.

Imagem em Deviantart

3 comentários:

tina disse...

fantastico, visual, doce, despretensiosamente genial;

PatyL disse...

adorei este pinipique :D


E a árvore... já se sabe o que andaste a fazer com ela! xD

"A profundidade e sensibilidade têm um nome...."

Blackbird disse...

Tina,
Muito obrigada pelo pequeno/ grande grão. Volte sempre que os ventos a puxarem! :)

Paty,
São as três letras que ilustram tais observações!!! |-)

ahahah ;P