segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Após o tempo...

A lucidez torna-me distante do rascunho..., o rascunho torna-me próxima da lucidez...,e o produto final, ao existir, talvez já não seja arte..., porque a Arte mente, mente porque é social.
Propor-me aos outros numa meia linha é procurar neles o que falta quando grito num silêncio estético...
Expor o que sinto é decompor-me, e decompor-me, organizar-me. Organizar-me ao aspirar o maior do meu pequeno; Libertar-me, ou cabalmente libertar qualquer coisa que me mantenha vertical enquanto me sento quebrada.

Fico-me pelo rascunho..., rascunho após o seu tempo.


______

E, porque sim...

2 comentários:

Vagabundo Social disse...

Isso é muito poético... Não sabia que desenhavas bem. Hermi... deixa lá essa série rasca k se denomina californication. Há o 24, o Lost... sei lá. LOL Olha, sempre é pra fazermos akele workshop? Mas olha k se puseres o tal lenço eu n vou render muito... LOOL Brincadeira. E a arte não pode mentir! Bjos

WillCanora disse...

Rascunhos daqueles de três minutos que contam ou não depois com a sua reprodução final.
Oh! Cada qual seu lugar, cada qual seu "conceito".Californication, tem em mim o seu!eheh
A expressão não mente nem deve mentir, para que procure o "mais alto". Adapta-la, para que esta se faça sentir nos demais... é, de certa maneira, menti-la.

Bj ;)